Dicas de viagem para o Algarve em Portugal estão de volta à laranja

O Ministério dos Negócios Estrangeiros holandês anunciou que a assessoria de viagens para a região portuguesa do Algarve passou de código amarelo para laranja. Isso significa que viajar até lá só é permitido por motivos essenciais, independentemente do seu status de vacinação contra a Covid-19.

Os viajantes que se encontram no Algarve devem apresentar um certificado de vacinação, um certificado de recuperação ou prova de um teste Covid-19 negativo quando regressarem aos Países Baixos a partir de quinta-feira. Nesse caso, eles ficarão isentos da quarentena obrigatória, disse o ministério.

Ao mesmo tempo, a Holanda expandiu sua lista de países e regiões seguros para incluir outros 11 países fora da União Europeia. São eles: Armênia, Azerbaijão, Bósnia e Herzegovina, Brunei, Canadá, Kosovo, Jordânia, Moldávia, Montenegro, Catar e Arábia Saudita.

Além disso, a Holanda agora considera a Mongólia, a Namíbia, o Omã e o Kuwait como países de “risco muito alto” no que diz respeito à crise de saúde em curso do coronavírus.

O ministério afirmou que a agência de saúde pública RIVM está a monitorizar de perto a situação em Portugal, bem como em Chipre, no continente espanhol, nas Ilhas Canárias e nas Ilhas Baleares. Várias pessoas que visitaram esses destinos recentemente testaram positivo para coronavírus, geralmente com a variante delta mais contagiosa.

O RIVM anunciou anteriormente que as pessoas que fizeram uma viagem dentro de 14 dias após o teste positivo para coronavírus representaram cerca de 11,1 por cento das pessoas que tiveram resultado positivo durante o período da semana que terminou na manhã de terça-feira. Isto incluiu 242 pessoas que fizeram recentemente uma viagem a Portugal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *