David Parker vai representar a Nova Zelândia na segunda Conferência dos Oceanos das Nações Unidas em Portugal

O ministro dos Oceanos e Pescas, David Parker, representará a Aotearoa Nova Zelândia na segunda Conferência das Nações Unidas sobre Oceanos em Lisboa, Portugal, que decorre de 27 de junho a 1 de julho.

A conferência avaliará o progresso feito e terá como objetivo catalisar mais ações em direção ao ODS 14, “Conservar e usar de forma sustentável os oceanos, mares e recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável”.

“Temos sido fortes defensores da adoção do ODS 14. Esta conferência é uma oportunidade importante para renovar nosso compromisso com todas as partes do ODS 14 e nosso compromisso de trabalhar juntos”, disse David Parker.

“Na conferência, farei uma declaração destacando o trabalho e as parcerias da Nova Zelândia para proteger a saúde e a resiliência do oceano”.

David Parker co-presidirá uma discussão sobre o combate à poluição marinha.

“O ano de 2022 é um ano vital para ação. Acabamos de ver a conclusão de um novo acordo significativo na Organização Mundial do Comércio sobre subsídios à pesca, uma iniciativa que a Nova Zelândia e outros começaram há mais de 20 anos. Novas estruturas para o proteção da biodiversidade estão sendo negociados e começarão a ser negociados”, disse David Parker.Discussões sobre um novo tratado para acabar com a poluição plástica.

“Estou ansioso para me encontrar com meus colegas para discutir essas questões importantes e como podemos trabalhar melhor juntos para garantir a conservação e o uso sustentável do oceano.”

Após a Conferência de Lisboa, David Parker viajará para a Islândia para ver os altos níveis de inovação e automação no setor de frutos do mar e obter insights que podem beneficiar o setor de frutos do mar da Nova Zelândia.

READ  Veja o "Bebedouro Ecológico" que vem ganhando popularidade no Brasil

A Islândia é líder mundial na automação do processamento da pesca e na maximização da utilização do pescado durante o processamento.

David Parker visitará uma série de locais industriais durante sua visita, que são facilitados pelo Iceland Ocean Group, uma organização empresarial dedicada à inovação na indústria de frutos do mar.

Os sistemas de gestão pesqueira da Islândia e da Nova Zelândia compartilham muitas semelhanças, e a visita se baseará em nossa atual colaboração nas negociações internacionais de pesca.

David Parker também se reunirá com o Ministro de Assuntos Sociais e Trabalho da Islândia, Gumundur Inje Gobrandsson, e o CEO da Diretoria de Pesca da Islândia, Ojmundur Knutsson, para discutir questões do mercado de trabalho nas pescas e automação e os desafios colocados pela pandemia de COVID-19.

(Com informações de um comunicado de imprensa do governo da Nova Zelândia)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.