Curiosidade na verdade – Portugal News

Editor, noto que o Portugal News concluiu a série de especulações espirituais das Sete Chamas Sagradas (mensagem do Senhor Adama).

Ela sugeriu ao buscador da iluminação em oração que ele reivindicasse divindade com o título “Eu”. Posso pedir aos leitores do autor que considerem o desafio colocado pelo grande C.S. Lewis no que diz respeito a reivindicar este título singular?

Jesus disse: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim” (João 14:6).

Não havia dúvida de que os líderes religiosos sabiam que Jesus estava afirmando ser o verdadeiro Messias encarnado com esse título, caso contrário não teriam procurado crucificá-lo para confirmá-lo. Portanto, tal afirmação nos deixa com apenas uma das três opções: ou era: 1mentiroso (enganoso), 2louco (igual a alguém que pensa que é um ovo cozido), ou 3Você merece ser adorado antes e ser adorado como o verdadeiro Deus.

Que possamos ser libertos por esta verdade/amor absolutos (não falando besteira sobre ele ser apenas mais um “Grande Mestre de Moral”; ele não deixou outra escolha senão reconhecê-lo como Salvador e Senhor aberto a nós).

Porque “Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho único, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16).

Eu ficaria feliz em discutir essas coisas com qualquer pessoa sem compromisso.

Paul, e-mail [email protected]

READ  Investigação do IRB Brasil revela irregularidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.