Comissão do Brasil aprova lei de reforma do serviço público que limita o crescimento dos salários dos funcionários

2/2
© Reuters. FOTO DE ARQUIVO: Um homem caminha próximo ao prédio do Congresso Nacional em meio ao surto da doença coronavírus (COVID-19) em Brasília, Brasil, em 19 de março de 2021. REUTERS / Usley Marcelino

2/2

BRASÍLIA (Reuters) – Legislação com o objetivo de encolher o tamanho do Estado brasileiro e reduzir o crescimento dos salários públicos liberou o palco do comitê na Câmara dos Deputados na quinta-feira, um grande avanço para a agenda de reformas do governo.

Apesar das objeções da oposição, a medida altera a constituição do país para afrouxar as garantias dos servidores públicos, tornar mais rígidos os padrões de desempenho e permitir a contratação de funcionários temporários por até 10 anos.

Por se tratar de uma emenda constitucional, exigiria três quintos dos votos do plenário, ou 308 de seus 513 membros, apesar do otimismo dos legisladores de que receberia o apoio necessário devido ao peso da folha de pagamento do governo sobre seu déficit orçamentário.

O texto principal, aprovado em comissão especial do Congresso, facilita a abertura de processos administrativos contra funcionários insatisfatórios e elimina cargos desatualizados, disposição fortemente contestada pelos sindicatos do funcionalismo público.

“Estamos orgulhosos de apoiar esta reforma que proporcionará nossos serviços públicos”, disse o congressista Marcel Van Hatem, do partido de centro-direita Nouveau, acrescentando: “Só temos que reformar o Estado”.

Isenção de responsabilidade: Fusion Media Gostaria de lembrar que os dados neste site não são necessariamente atuais ou exatos. Todos os CFDs (ações, índices, futuros) e preços cambiais não são fornecidos por bolsas, mas por criadores de mercado e, portanto, os preços podem não ser precisos e podem diferir do preço real de mercado, o que significa que os preços são indicativos e não apropriados para fins comerciais . Portanto, a Fusion Media não assume nenhuma responsabilidade por quaisquer perdas de negócios que você possa incorrer como resultado do uso desses dados.

READ  Brasil - Telecom, móvel e banda larga

Fusion Media OU QUALQUER PESSOA INTERESSADO NA Fusion Media NÃO SERÁ RESPONSÁVEL POR PERDAS OU DANOS RESULTANTES DA CONFIANÇA NAS INFORMAÇÕES INCLUINDO DADOS, CITAÇÕES, GRÁFICOS E SINAIS DE COMPRA / VENDA CONTIDOS NESTE SITE. Esteja totalmente ciente dos riscos e custos associados à negociação nos mercados financeiros, é uma das formas de investimento mais arriscadas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *