Carrefour Brasil teve leve alta no lucro do segundo trimestre, citando pressões inflacionárias

O logotipo da varejista francesa de alimentos Carrefour aparece em carrinhos de compras em São Paulo, Brasil, 18 de julho de 2017. REUTERS/Paulo Whitaker

Registre-se agora para obter acesso ilimitado e gratuito ao Reuters.com

São Paulo (26 de julho) (Reuters) – O Carrefour Brasil (CRFB3.SA) informou nesta terça-feira que seu lucro líquido ajustado do segundo trimestre subiu 1,3 por cento em relação ao ano anterior, citando fortes vendas apesar das pressões inflacionárias.

A unidade local da varejista francesa Carrefour SA (CARR.PA) anunciou um lucro de 600 milhões de reais (US$ 112,1 milhões), impulsionado pelo crescimento de dois dígitos nas vendas mesmas lojas.

A receita líquida cresceu 36% para 24,0 bilhões de riais, incluindo os resultados da empresa de varejo Grupo Big em junho, quando foi adquirida pelo Carrefour Brasil. A divisão de atacado Carrefour do Atacadão registrou um crescimento de 30% nas vendas líquidas.

Registre-se agora para obter acesso ilimitado e gratuito ao Reuters.com

Stefan McGuire, presidente-executivo do Carrefour Brasil, disse no relatório de resultados que os resultados de vendas foram impulsionados pelo “forte desempenho na categoria de alimentos, com volumes aumentando mesmo em um ambiente altamente inflacionário”.

O lucro ajustado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) da empresa cresceu 24,5% para atingir OMR1,7 bilhão.

As despesas operacionais aumentaram 28% em relação ao ano anterior, para 2,86 bilhões de riais.

O varejista disse que a inflação dos preços dos alimentos desde fevereiro levou a uma mudança nos hábitos de compra, com os clientes entrando com mais frequência, mas comprando menos itens e gastando menos em média em cada visita.

READ  'Sopa derramamento' sobre aumento do desmatamento na Amazônia - 05/11/2020 - Meio Ambiente

O Brasil vem enfrentando uma taxa de inflação persistentemente alta desde o início do ano.

O Carrefour Brasil informou que abriu seis novas lojas de cash-to-carry e quatro novas unidades de conveniência, além de iniciar o processo de integração do Grupo Big, cujo valor de aquisição foi de aproximadamente US$ 1,3 bilhão.

(1 dólar = 5,3522 riais)

Registre-se agora para obter acesso ilimitado e gratuito ao Reuters.com

(Reportagem de André Romani) por Carolina Pulice; Edição por Richard Bolena

Nossos critérios: Princípios de Confiança da Thomson Reuters.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.