Brasil vê um boom de negociações impulsionado por energia, varejo e saúde

Escrito por Carolina Mandel e Tatiana Bautzer

São Paulo (Reuters) – As empresas brasileiras embarcam em grandes ofertas de ações e fusões e aquisições enquanto a maior economia da América Latina se recupera da pandemia de Covid, com um crescimento do PIB anual projetado de 5%, o que pode elevar ainda mais os setores de energia para saúde.

O volume de fusões e aquisições cresceu oito vezes no primeiro semestre de 2021 em relação ao mesmo período do ano anterior, para US $ 56,8 bilhões, enquanto as ofertas totais de ações somaram US $ 15,3 bilhões, um aumento de 55%.

Os banqueiros esperam que a atividade permaneça dinâmica durante o segundo semestre, impulsionada pelas perspectivas econômicas otimistas, com destaque para setores como varejo e tecnologia financeira.

No primeiro semestre, a aquisição da Notre Dame Intermedica pela empresa de saúde Hapvida por US $ 9,58 bilhões foi o sétimo maior negócio em mercados emergentes, enquanto a estatal Petrobras comandou US $ 6,45 bilhões para os campos de petróleo em águas profundas de Atapu e Sépia no décimo terceiro lugar.

A privatização da Cedae, empresa estatal de águas e esgotos do Rio de Janeiro, levantou quase US $ 4 bilhões, atraindo o GIC de Cingapura, o fundo de pensão canadense CPPIB e a holding local Itausa.

“Há um círculo virtuoso em vigor para os negócios: a atividade econômica está se recuperando, as taxas de juros de referência estão baixas e o dinheiro está disponível”, disse Eduardo Meras, chefe de banco de investimento do Citi, Eduardo Meras.

A maior oferta brasileira de ações do ano aconteceu no último dia de junho, com a venda da participação da Petrobras na distribuidora de combustíveis Petrobras Distribuidora SA. A Petróleo Brasileiro SA, como o vendedor é oficialmente conhecido, arrecadou 11,36 bilhões de reais (US $ 2,3 bilhões).

READ  As instituições estão investindo pesado nas operações do BK Brasil e assessorando ações de restaurantes SA (BVMF: BKBR3)?

Empresas como a empresa de energia Raízen, joint venture entre Cosan SA e Royal Dutch Shell Plc, a fabricante de cimento Intercement Brasil SA e a rede de oncologia Oncoclinicas, planejam precificar IPOs reais na casa dos bilhões de dólares nas próximas semanas.

Espera-se que esses negócios atraiam investidores estrangeiros ricos, que evitaram as ofertas de ações brasileiras no início deste ano em meio à eclosão da pandemia e turbulência política, para substituir investidores domésticos cada vez mais cautelosos.

“Os investidores estrangeiros não estão mais preocupados com a pandemia e o ritmo da vacinação aumentou nas últimas semanas”, disse Roderick Greenless, chefe do banco de investimentos do Itaú BBA, que liderou a tabela de classificação de ações no primeiro semestre. Ele espera que as ofertas de ações cheguem a 160 bilhões de riais este ano, um aumento de 33% em relação a 2020.

Os investidores estrangeiros gastaram 65,1 milhões de reais na compra de ações de empresas brasileiras, saídas líquidas, no primeiro semestre, segundo a operadora de bolsa B3, ante uma saída líquida de 62,8 bilhões de riais no período do ano passado.

No entanto, os investidores domésticos estão ficando mais tímidos, com as taxas de juros de referência subindo de 2% para 4,25% em janeiro. Os fundos de ações receberam 1,7 bilhão de riais de dinheiro novo neste ano até maio, superando as entradas líquidas de 94,1 bilhões de riais para fundos de renda fixa.

Ciclo de apresentação

Bruno Amaral, chefe de Fusões e Aquisições do Banco BTG Pactual, que liderou a tabela de Fusões e Aquisições do Brasil no primeiro semestre, disse que a forte atividade do mercado de capitais também está aumentando os fundos disponíveis para aquisições.

READ  Cúpula do clima como aconteceu: Biden coroa evento com empregos verdes e mensagem de cooperação

Amaral disse que os setores duramente atingidos pela pandemia, como o varejo, estão entre os negócios mais movimentados nos últimos meses, à medida que o Brasil se recupera e aumenta o consumo.

“Também estamos vendo muitos negócios na área financeira, especialmente no segmento de fintech com grandes bancos e no segmento de saúde”, acrescentou.

A Berkshire Hathaway Inc, de Warren Buffett, liderou uma rodada de financiamento de US $ 750 milhões na fintech Nubank, de rápido crescimento, enquanto a empresa de private equity Advent International investiu US $ 430 milhões na firma de pagamentos Ebanx.

Abaixo, a programação da Liga Brasileira para assessoria em fusões e aquisições e negociação de livros de ECM durante o primeiro semestre

Anúncio de Fusões e Aquisições – Alvo Brasileiro الهدف

Negócios de consultor financeiro no valor de (milhões de dólares) número de negócios

Banco BTG Pactual 2096231

JP Morgan 198378

Itash Onibanko 17,00918

Parceiros BR 15.2358

Cidade 14.4997

Investimentos XP 10.013 5

Santander 8.89413

17- Banco Bradesco 8823

BofA 6934 4

10. Rothschild 6.725

Total 57295494

Fonte – Refinitiv Deals Intelligence

ECM – Global Equities and Related – Brasil

Receita do Book Runner (milhões de dólares) Número de edições

34- Itash Onibanko 2622

Banco BTG Pactual 1.76431

Morgan Stanley 138.316

13- Bank of America Securities 1.274

Investimentos XP 1.217 18

JPMorgan 1.19814

Santander 1.07415

17- Banco Bradesco 1.057

Cidade 914 11

Goldman Sachs 858 8

Total 1533646

Fonte – Refinitiv Deals Intelligence

(Reportagem de Carolina Mandel e Tatiana Bautzer em São Paulo; Edição de Christian Plumb e Steve Orlovsky)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *