Brasil perdeu jogadores da Premier League nas eliminatórias da Copa do Mundo

São Paulo (AFP) – O Brasil perderá nove de seus jogadores da Premier League nas próximas três eliminatórias da Copa do Mundo, incluindo a partida de quinta-feira no Chile.

Mas a segunda colocada Argentina espera ter quatro de seus jogadores da Inglaterra na Venezuela no mesmo dia.

Os clubes da Premier League disseram que evitarão que seus jogadores viajem para países da América do Sul, que estão na lista vermelha do governo britânico devido à pandemia do COVID-19. Qualquer jogador que for para a Grã-Bretanha e voltar terá que passar 10 dias na quarentena do hotel e terá poucas chances de treinar.

A FIFA deu aos países da América do Sul dois dias extras para disputar as partidas em setembro e outubro, para que três partidas eliminatórias pudessem ser disputadas em cada janela, em vez das duas usuais.

A competição da liga será disputada conforme programado, apesar da resistência dos clubes ingleses, embora alguns que já viajaram retornem antes da terceira partida – marcada para 9 de setembro.

A FIFA informou à autoridade sul-americana do futebol CONMEBOL que haverá consequências para os clubes que não dispensarem jogadores conforme exigido, o que pode significar ação disciplinar.

O Tribunal Arbitral do Esporte julgou, neste domingo, contra uma reclamação da Liga Espanhola, que argumentou que o tríceps logo estará encerrado com a retomada da competição.

A briga diplomática pode continuar em outubro, quando cada equipe tem outro grupo de três jogos.

Chile vs Brasil

O Brasil lidera com seis vitórias em seis partidas, mas poucos analistas arriscariam prever quem jogará o sétimo colocado Chile em Santiago na quinta-feira. Os primeiros treinos em São Paulo não deram dicas.

READ  Jogo Argentina x Brasil - Film Daily

Nove jogadores da seleção inglesa não compareceram: Alisson, Fabinho, Roberto Firmino (Liverpool); Ederson, Gabriel Jesus (Manchester City); Thiago Silva (Chelsea); Fred (Manchester United); Richarlison (Everton); Ravenha (Leeds).

O Chile também ficará chateado com a ausência de Ben Brereton do Blackburn e Francisco Seralta do Watford. O técnico Martin Lasarte chamou Valber Huerta e Diego Valencia, do Universidad Católica, na terça-feira para substituí-los.

Uma vitória em Santiago pode colocar o Brasil à beira da classificação para o torneio do próximo ano no Catar. Se a equipe do técnico Tite somar três pontos do Chile e vencer Argentina e Peru em casa, somará 27 pontos em nove jogos.

Venezuela vs Argentina

A Argentina, segunda com 12 pontos, enfrentará quatro jogadores da Premier League inglesa na partida de Caracas: os atacantes Emiliano Martinez e Emiliano Buendia do Aston Villa, e Giovanni Lo Celso e Christian Romero, do Tottenham. Eles também fizeram parte do time que conquistou a Copa América no Brasil em julho.

O capitão Lionel Messi, que finalmente ergueu um importante troféu com a Argentina, jogará por seu país pela primeira vez como jogador do Paris Saint-Germain.

A Venezuela será treinada por Leonardo Gonzalez, o terceiro homem a ocupar o cargo durante a atual campanha pelas eliminatórias para a Copa do Mundo. O ex-zagueiro substituiu o técnico português José Peseiro, que renunciou em agosto devido a dívidas com ele e sua equipe pelo Al Ittihad.

Também nesta quinta-feira, o terceiro colocado, Equador, recebe o Paraguai. A Colômbia vai viajar para a Bolívia. E o Peru receberá o Uruguai, que não poderá contar com Edinson Cavani (não dirigido pelo Manchester United) e com o ferido Luis Suarez.

___

Mais sobre futebol AP: https://apnews.com/hub/soccer e https://twitter.com/AP_Sports

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *