Brasil no Ar – Bastidores do 32º Campeonato Brasileiro de Balões

Escrito por Marina Bosch Kalosdian, Presidente do Banco Asiático de Desenvolvimento no Brasil – Instituto Aeroespacial Brasileiro, Piloto de Balão de Ar

Começamos 2019 Extremamente Ocupado. A decisão da entidade inflacionada, Federação Brasileira de Balões (CBB) Realizar o campeonato nacional em menos de 30 dias antes do briefing público era uma janela curta. Mas funcionou. Entre a primeira ligação via e-mail no dia 28 de junho e o início da competição no dia 22 de julho, foram necessários menos de 30 dias para as equipes de oficiais e pilotos se organizarem.

A cidade-sede é Araçoiaba da Serra, no interior de São Paulo, para onde voamos desde 1999. Uma cidade linda, com vales como regiões da Europa. Uma área de pequenas e grandes fazendas contém seu DNA para manter a área natural e bonita. Numerosas estradas vicinais e de fácil acesso.

A área abriga a Floresta Nacional de Ipanema, uma Unidade de Conservação Brasileira administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio. Morro de Ipanema (Morro de Ipanema), uma bela montanha compartilhada com outras duas cidades, Iperó e Capela do Alto é um marco de destaque na área.


Cidade – Crédito Marcus Calosdian

MORRO DE IPANEMA

– Intimidação e patriotismo –

Morro de Ipanema é também o berço da primeira fundição de ferro do Brasil e berço de Francisco Adolfo Farnhagen em 1816. Ele é famoso por muitas das coisas que fez, incluindo diplomata e historiador. É conhecido como Pai da historia brasileira. Livros que descrevem dois séculos de desenvolvimento brasileiro. Seu trabalho é considerado um marco hoje para historiadores antigos e atuais.

No topo do Morro de Ipanema está o monumento a Varnhagen, que a família real visitou em 11 de novembro de 1884. Neste monumento há uma inscrição: “A memória de Varnhagen, Visconde de Porto Seguro, nascido na descoberta de terra fértil . De Colombo. Seu pai começou em grandes e úteis campos, seu país treme e a história está escrita em suas terras. Sua alma imortal reúne todas as suas memórias aqui. “

Esta área foi exatamente onde foi realizado o acampamento da FAI na América do Sul, com o primeiro lançamento em 2018 e novamente em 2019.


Jovens no Morro Ipanema – crédito para Rodrigo Maurenza

Município de Araiappa da Serra

Com muito trabalho e dedicação por parte dos municípios, prefeitura, esportes, turismo, entre outras secretarias, assim como da associação comercial e voluntários, todos fizeram um excelente trabalho em menos de 30 dias. A cidade foi anfitriã graciosa de 20 balões voadores. Araçuba da Serra recebeu muitos visitantes de outras cidades do estado de São Paulo. As histórias do evento foram publicadas em jornais nacionais e regionais.


O Lago – Crédito Marcus Camilo

Federação Brasileira de Balões (CBB) e um pouco de sua história

O esporte de balão existe no Brasil desde 1970, mas como entidade desde 1987. O primeiro campeonato brasileiro foi realizado em 1988, na cidade de Casa Branca, e foi vencido pelo piloto Rubens Rosedon Calosdian.

READ  ESPN Fantasy Football: o primeiro jogo é mais divertido e fácil do que nunca

Em 2006, eles estabeleceram o Banco Central do Bahrein, e Federação Brasileira de Balões, Que substituiu a ABB, a Associação Brasileira de Aeronaves. De 2006 até hoje, foram três presidentes. O primeiro foi Edson Romanioli, organizador do Campeonato Mundial FAI de Balões de Ar 2014, em Rio Claro. O próximo presidente foi Valdemir Tavira e o atual presidente foi Johnny Alvarez.

Treinamento em Araaaba da Serra

– Os favoritos do título estão voando alto –

Faltando alguns dias para o grande evento, muitos entraram em seu modo de treinamento. Durante este período de estágio, as histórias dos eventos mostram os seus favoritos, pouco devido à presença vivencial na área do concurso para formação, à novidade ou história dos vencedores e / ou simpatia de histórias passadas partilhadas pela imprensa. Tudo isso leva todos a estudar as regras, preparar a tripulação, cuidar dos equipamentos, buscar ajuda complementar, etc. Real corrida louca na plataforma.

Direção artística

– Muita dedicação, perseverança e resiliência –

A direção técnica ficou a cargo do piloto Marcus Bonemcontro e sua equipe. Acho que é muito importante escrever seus nomes, porque todas essas pessoas incríveis trabalharam muito para ter ótimas lembranças de um torneio de muito sucesso. Muitas vezes, a equipe técnica nem tem tempo para comer e dormir.

Vale lembrar os nomes que sempre nos ajudam. Eu acho que eles gostariam de mencioná-los. Espero nunca esquecer ninguém:

  • Carla Patricia Horn
  • Tommaso Moterone
  • Natasha Klein Belchior
  • Joao benitez
  • Ricardo Benitez
  • Antonio Florio
  • Cassiano Marquez
  • Paulo Gilherme Menezes – Coca
  • Tatiana Repua
  • Eloisa Meirelles Rebuá
  • Taisa Repua
  • Isis Repua
  • Ricardo Lima
  • José Eduardo Alves Souza
  • Maicon Leandro Marcuse


Equipe Técnica – Crédito Tommaso Moterone

Representação feminina

A única mulher neste torneio, não o Binho, tem um grande futuro. No Brasil existem mais de 10 mulheres qualificadas para voar de balão, mas neste torneio, tivemos uma atriz. Aos 26 anos, ela se classifica na categoria CIA Junior.

A gaúcha Laís Pinho, de uma bela cidade chamada Torres, que recebe anualmente um evento de balão desde 1987. Conhecido mundialmente como Festival Internacional de Balões de Torres, o evento é organizado por Bruno Schwartz, do Air Show.

A família Laís Pinho patrocina o evento há décadas, apresentando um carro Chevrolet de sua concessionária para a missão icônica KEY GRAB TASK.

Inúmeros pilotos internacionais já voaram neste lugar mais mágico e bonito, onde você pode voar perto da costa. Este evento é tão importante para a cidade e região que hoje conta com sua própria Associação de Pilotos. O Gaúcha Ballooning Union tem sede na cidade e já formou mais de uma dezena de grandes pilotos e pilotos.


Laes Pinho – Crédito Tommaso Moterone


Torres – Crédito Uwe Schneider

Pouca atuação

Cinco jovens muito determinados participaram do Campeonato Nacional de 2019. Todos eles merecem muito apoio na busca pela representação do Brasil.

Em um torneio brasileiro com 20 jogadores, temos orgulho de 25% deles serem juniores. E isso nos emociona muito porque mostra o crescimento do esporte, o que sem dúvida acontece, devido à organização de eventos, sejam eles festivos ou competitivos.

READ  Ciclismo virtual por aldeias históricas de Portugal

Também acho que mencionar esses caras é essencial para energizá-los e progredir em seu inchaço. Eles estão:

  • Marcus Decran CalosDian
  • Fabio Pascualino Bassus
  • Joao vitor gusto
  • Felipe pires
  • Não é um pinho

Como ponto de interesse, vale compartilhar que alguns dos novos praticantes pertencem à família do balão. Isso inclui Marcus, Fabio, Felipe e Lais. Apenas um, João, veio porque sua cidade é sede do maior evento da América do Sul, o já citado Festival Internacional de Balões de Ar Quente de Torres.

Os participantes

Todos eles gostam muito deste esporte. Cada um, a seu modo, deixou sua marca na ampliação da história brasileira e internacional.

Havia um total de 20 participantes. Alguns dos heróis brasileiros já viajaram em eventos internacionais e outros em eventos governamentais, regionais e nacionais. Alguns deles são organizadores de eventos e outros treinadores e outros profissionais da área. Uma mistura de histórias e origens, mas todas elas se entrelaçam, pois ninguém neste método está sendo criado sozinho no Brasil. Há sempre uma razão e uma ligação entre um e outro para dar os primeiros passos e chegar a um campeonato nacional.

Competição saudável

Isso gera ansiedade, mas reforça o desafio à liderança

Não sei se é o caso em outros países, mas aqui os grupos são formados, e a equipe A, equipe B, equipe C e novos indivíduos se encaixam em um deles. Há também tudo em tudo para ver, analisar e ver onde os padrões funcionam.

Mas, por muito tempo, voar em equipe foi a melhor solução, mas é importante que todos na equipe desempenhem seu papel de dirigente.

Vimos isso este ano. Aqueles que viajavam há muito tempo apenas com a família e um ou dois amigos, teriam seguido essa linha desde a família que trabalha junto. Um dos pilotos decidiu montar a equipe do Brasil, e todos trabalharam juntos para encontrar o seu caminho como equipe.

O campeonato terminou em grupos, e a maestria foi tão grande que em algumas missões houve empate com o primeiro colocado. Este é definitivamente um sinal de melhoria para nossos pilotos. Isso também resultou em uma precisão muito alta, mas sempre às custas do primeiro piloto que passou pelo alvo (e teve que compartilhar os pontos de primeiro lugar). Nesse sentido, nossas equipes puderam compartilhar a iniciativa em uníssono para mostrar o caminho para o gol.

A seleção brasileira ficou em primeiro, sexto e oitavo lugar. Foi muito bom, aprendemos muito com os métodos uns dos outros, planejando estratégias de missão de voo, debriefing após voos para resultados de missão positivos e negativos.

As informações compartilhadas trouxeram um incentivo às novas pessoas que nos acompanharam. Compartilhamento de informações de competição, incluindo compreensão da estratégia de missão para um determinado vôo, escolha do local de decolagem, etc. Em suma, tudo o que novos pilotos de dirigível podem aprender com pilotos experientes que já conhecem sua rotina e experiências de cor.

READ  TV Sports Today - 17 de março

Prêmios

– Aberto ao público –

A cerimônia de premiação foi muito bonita. Muita gente, muita alegria e claro que sempre há dor para quem não conseguiu subir ao palco. Mas sabemos que há uma próxima vez, e será a vez de todos que se dedicam ao palco.

calendário

– A idade do inchaço não interfere, então nunca desista –

O protagonista foi Rubens Kalosdian, 61 anos. Com este título ele ganhou seu oitavo campeonato e várias vezes no segundo, terceiro, quarto, etc.

A beleza do esporte é que sua força e estratégia não dependem da idade, mas do desempenho, preparação e determinação do piloto.

Mas, diz Robbins, precisamos de mais eventos desse tipo no Brasil, para podermos chegar aos dez primeiros do mundo. Temos que lutar aqui no Brasil para fazer muitos eventos. Muitos eventos podem retornar após uma pandemia.


Robbins Calosdian

Res brasileira

Chegamos lá e a meta não está longe de nós. Você verá nos resultados que temos 29 missões com apenas 1 cancelada. A precisão era tão grande que era impossível distinguir o vencedor antes de os resultados finais serem publicados.


Crédito: Bruno Antones da Costa

Conclua com as palavras dos primeiros lugares. Rubens, Felipe e Marcus

– Palavras do atual campeão brasileiro de futebol –

“Minha vontade de vencer me acompanha desde o primeiro torneio, e com meu filho Marcos e a formação da Seleção Brasileira no último minuto, todos tínhamos o mesmo objetivo, um de nós era o campeão.

“Quando soube que o torneio seria em Aracuyapa da Serra, fiquei muito preocupado, depois que tudo ia acontecer digamos, ‘Na minha casa’.

“ Vitória e conquista do oitavo título, gostaria de agradecer à minha Super Marina que sempre esteve ao meu lado e ao meu grande filho Marcus que sempre me apoiou apesar das discussões saudáveis ​​nas decisões.

“Muito obrigado.– Robins Rosedon Calosdian

Palavras do atual segundo lugar no Campeonato Brasileiro de Balões

“Jamais esquecerei aquela semana de avião em Aracuyaba.

“Depois que fiz meu voo de exibição em 2011 em Aracuyaba com Robbins, foi tão maravilhoso poder voar naquela bela área novamente e conseguir o segundo lugar, atrás do próprio Robbins.

“Estou ansioso para voar para lá novamente!

“Muito obrigado” – Filipe Tostes

Palavras do atual terceiro colocado no Campeonato Brasileiro de Balões

“Foi um evento muito competitivo em uma cidade que posso dizer que é perfeita para driblar, beneficiou muito a todos os pilotos.

Muito obrigado” Marcus Decran Calosdian

Texto escrito por Marina Bosch Kalosdian, presidente do Banco Asiático de Desenvolvimento do Brasil – Instituto Brasileiro de Aerosports, piloto de balão de ar quente
Resultados da animação apresentados por Morello Rovina Ferreira, Piloto acrobático, CEO da AirKrafter Design e PCA – English for Pilots
Correções de texto feitas por Gloria Sarat

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *