Bagnaia segura Márquez e conquista a pole position na classificação para o Grande Prêmio da França

13 Mai (Reuters) – O campeão mundial de motociclismo da Ducati, Francesco Bagnaia, conquistou a pole no Grande Prêmio da França depois de assumir a liderança no treino classificatório de sábado.

Bagnaia foi o mais rápido em Le Mans com o tempo de 1 minuto, 30,705 segundos, 0,058 segundos atrás de Marc Marquez.

O hexacampeão mundial Marquez parecia estar a caminho da pole position nos estágios finais da qualificação, mas Bagnaia conseguiu agarrar o último lugar para eliminá-lo na última volta.

“Peguei essa premissa depois de forçar muito. Não foi fácil, ontem tivemos muitos problemas, esta manhã tivemos problemas, então não foi o melhor começo de semana. Sofremos um pouco”, disse Bagnaia .

“O ritmo foi muito competitivo, mas no final estamos bem, somos competitivos e o primeiro lugar hoje foi importante, por isso estou muito feliz.”

Apesar de ter negado a pole em sua 65ª moto na carreira, Marquez vai tirar o coração de seu desempenho ao retornar, após se recuperar de uma lesão na mão.

Márquez passou por uma cirurgia depois de quebrar o primeiro metacarpo da mão direita em uma colisão na corrida de abertura da temporada em Portugal, deixando-o fora das corridas na Argentina, Texas e Espanha.

“O objetivo neste fim de semana era apenas 100 por cento”, disse Marquez.

“Não esperávamos estar aqui, honestamente, mas com minha equipe, eu e a Honda, você nunca sabe o que vai acontecer”.

READ  Lula diz que Bolsonaro está tomando um caminho ruim em sua campanha

O italiano Luca Marini – meio-irmão dos grandes nomes do motociclismo Valentino Rossi – completou a primeira linha da corrida de domingo ao chegar ao Q1 antes de terminar 0,137 segundos à frente de Márquez, da Honda.

“Foi muito difícil no primeiro quarto”, disse Marini. “Eu tentei tanto fazer o melhor que pude e arriscar tudo.”

Jack Miller e George Martin, da KTM Racing, foram quarto e quinto, enquanto Maverick Viñales, da Aprilia, terminou em sexto após problemas técnicos.

O campeão mundial de 2021 da França, Fabio Quartaro, terminou em terceiro no Q1, o que significa que ele alinhará em 13º para o Grande Prêmio em casa.

Reportagem de Adi Nair em Bengaluru; Edição de Hugh Lawson

Nossos padrões: Princípios de confiança da Thomson Reuters.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *