Atualização 1- Carrefour Brasil está caindo em prejuízo trimestral com forte peso de compra

(Adiciona detalhes do relatório trimestral, histórico da aquisição da BIG)

SÃO PAULO (Reuters) – O Carrefour Brasil reportou prejuízo líquido de R$ 113 milhões (US$ 22,39 milhões) no primeiro trimestre, afetado por maiores custos de investimento na varejista de alimentos Grupo BIG que adquiriu, informou a empresa em comunicado à bolsa de valores brasileira. Terça-feira.

A empresa registrou lucro líquido de 370 milhões de riais no mesmo período de janeiro a março do ano passado.

O braço brasileiro do varejista francês Carrefour SA afirmou que as vendas líquidas cresceram 29,4%, para 24,39 bilhões de reais no primeiro trimestre, enquanto as unidades de atacado registraram crescimento de vendas de 19% em relação ao ano anterior.

A unidade brasileira do Carrefour disse que as despesas operacionais aumentaram 52% em relação ao ano anterior, para um total de 3,8 bilhões de reais, ajudadas pelas conversões de lojas e pela consolidação do BIG.

O diretor financeiro Eric Alencar disse a repórteres que grande parte das perdas do trimestre foram explicadas por investimentos no BIG.

O Carrefour comprou a subsidiária BIG em meados de 2022 e anunciou no mês passado uma

desconto

Até 1 bilhão de riais no valor inicial pagou 7,5 bilhões de riais.

O lucro ajustado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) da empresa diminuiu cerca de 17% para um total de 1,038 bilhão de riais, mas a empresa registrou um crescimento de 0,6% no lucro ajustado antes de juros, impostos, depreciação e amortização quando excluindo o Grupo BIG, atingindo 1,254 bilhão de riais.

O Carrefour Brasil disse que abriu três novas lojas de atacado e 23 lojas convertidas no primeiro trimestre. (US$ 1 = 5,0464 riais) (Reportagem de Andre Romani; Redação de Carolina Polis; Edição de David Alair Garcia)

READ  Etanol 2G supera brechas técnicas e rivaliza com petróleo a US$ 70

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *