As eliminatórias da Copa do Mundo entre Brasil e Argentina terão torcedores nas arquibancadas

Autoridades do estado de São Paulo permitirão que os torcedores assistam à partida pelas eliminatórias da Copa do Mundo entre Brasil e Argentina no dia 5 de setembro. Isso permitirá a entrada de aproximadamente 12 mil espectadores na Arena NeoQuímica, com 50 mil lugares, em São Paulo.

Há duas semanas, o governador João Doria anunciou que os estádios esportivos só receberiam os torcedores depois de 1º de novembro, confirmando que a partida do Brasil contra a Argentina seria disputada a portas fechadas. Sob pressão de executivos da Conmebol e organizações empresariais que pressionavam por um processo de reabertura mais rápido, Doria cedeu.

Em um esforço para salvar a face, sua administração descreveu a partida como um “evento-teste” para monitorar os efeitos do retorno dos torcedores às arenas esportivas. Os torcedores terão que apresentar um teste PCR negativo até 48 horas antes da partida, e também serão obrigados a manter o distanciamento social e usar coberturas faciais em campo. As autoridades vão monitorar os participantes por 15 dias após a partida.

Na semana passada, a prefeitura de Belo Horizonte permitiu 17.000 curtidas Para participar da partida da Copa Libertadores entre Atlético Mineiro e River Plate argentino. Os torcedores realizaram grandes reuniões dentro e fora do estádio, e as autoridades locais decidiram revogar a licença dos estádios para hospedar torcedores.

READ  O Brasil agradece à Índia por dois milhões de doses da vacina COVID; Ele diz: "Estamos honrados por ter um parceiro maravilhoso."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *