Alemanha impõe restrições a viagens para variantes COVID | Notícias DW

A Alemanha anunciou restrições à entrada de viajantes do Reino Unido, Irlanda, Brasil, Portugal e África do Sul, já que aumentam os temores de variantes mais contagiosas do Coronavírus.

Em um novo regulamento divulgado na sexta-feira, o governo alemão disse que, além dos testes atuais e das restrições de quarentena, “restrições temporárias serão impostas ao transporte de viajantes de países classificados como regiões variantes”.

Quais são as limitações?

A partir de sábado, a proibição de transporte entrará em vigor em todos os aviões, trens, ônibus e navios dos países onde as novas variantes proliferaram. A partir de domingo, as restrições também se aplicarão aos viajantes dos pequenos estados africanos de Lesoto e Eswatini.

As restrições estão definidas para funcionar até 17 de fevereiro.

Existem várias exceções às restrições de viagem, incluindo: pessoas que têm o direito de residir na Alemanha e aqueles que transportam mercadorias, bem como transporte médico urgente e viagens por “razões humanitárias urgentes”.

Reduza as viagens aéreas

No início desta semana, o secretário do Interior, Horst Seehofer, disse cenário O jornal disse que o plano incluiria a paralisação total dos voos para o país.

Ele disse que o governo está considerando controles mais rígidos nas fronteiras, “mas reduz as viagens aéreas para a Alemanha a quase zero, como Israel está fazendo atualmente”.

A introdução de vacinas mais lentamente do que o esperado forçou os governos da União Europeia a considerar a extensão das medidas de bloqueio.

A Alemanha lidou relativamente bem com a primeira onda do Coronavirus na primavera passada, mas foi duramente atingida pela segunda onda nos últimos meses.

rs, jf / rt (Reuters, AFP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *