Advent Private Equity obtém mais de 300% de lucro no negócio no Brasil

FOTO DO ARQUIVO: Visão geral de uma loja Carrefour em São Paulo, Brasil, em 18 de julho de 2017. REUTERS / Paulo Whitaker

São Paulo (Reuters) – A empresa de private equity Advent International fez cerca de 300 por cento de seu investimento na rede de supermercados brasileira BIG após concordar em vendê-la ao Carrefour Brasil por 7,5 bilhões de reais (US $ 1,4 bilhão) em moeda local.

De acordo com dados públicos, desde a aquisição de 80% da BIG por um valor simbólico há dois anos e meio, a Advent gastou cerca de 1,6 bilhão de riais na rede de supermercados. O resultado final para a firma de private equity será de cerca de 6,6 bilhões de riais, levando-se em consideração o preço pago pelo Carrefour e outras vendas de pequenos ativos pelo BIG.

A Advent mudou a marca Walmart para BIG, renovou as operações de atacarejo com a marca Maxxi e focou no crescimento do Sam’s Club, que tem 25 lojas e hoje está perto de 45, segundo o sócio da Advent Wilson Rosa.

“Tivemos uma recuperação bem-sucedida”, disse Rosa, citando o crescimento do lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, conhecido como EBITDA, de 127 milhões de riais em 2018 para 928 milhões no ano passado.

As conversas sobre o negócio começaram no início deste ano, quando a Advent suspendeu o registro do BIG no Brasil e foi abordada pelo Carrefour.

Após o fechamento da transação de caixa e ações, Advent e Walmart terão uma participação conjunta de 5,6% na unidade brasileira Carrefour. O Walmart receberá cerca de 1,5 bilhão de reais (US $ 271 milhões), ainda longe de compensar o prejuízo de US $ 4,5 bilhões da empresa ao vender as operações no Brasil.

READ  Análise da série de documentários "Romban Todo" da Netflix: Road Trip

As ações do Carrefour Brasil subiram 14% na quarta-feira após o anúncio do negócio.

Noel Priaux, presidente-executivo da unidade brasileira Carrefour, disse não esperar problemas para obter a aprovação do CADE. Brio disse em uma coletiva de imprensa na quarta-feira que as empresas não têm muita sobreposição, mas uma presença geográfica integrada e diferentes formas de varejo.

(1 dólar = 55.273 riais de Omã)

(Reportagem de Tatiana Bautzer); Edição de Chizu Nomiyama, Emilia Sithole Mataris e Jonathan Otis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *