A Comissão Europeia vê “viabilidade a longo prazo” da TAP

A Comissão Europeia disse que vê uma viabilidade a longo prazo para a TAP Airlines e prometeu tomar uma decisão esta semana sobre o plano de reestruturação.

“Foi muito encorajador ver os planos de reestruturação traçados para a TAP. Penso que existe uma viabilidade a longo prazo para a empresa”, afirmou a Vice-Presidente Executiva da Comissão Europeia responsável pela concorrência, Margrethe Vestager.

Numa conferência de imprensa em Bruxelas sobre as novas orientações em matéria de ajudas governamentais ao clima, ambiente e energia, o responsável pelo plano de reestruturação da TAP foi questionado e confirmou que o CEO da comunidade está “agora a trabalhar arduamente para tomar uma decisão esta semana”.

“O apoio público à TAP é muito grande e, de forma a atenuar a distorção da concorrência, a TAP também aceitou algumas concessões”, disse Margrethe Vestager.

Há um ano, o governo entregou à Comissão Europeia o plano de reestruturação da TAP, tendo entretanto implementado medidas como a redução do número de trabalhadores.

Depois de a Comissão Europeia ter aprovado, a 10 de junho de 2020, um apoio governamental de até 1.200 milhões de euros à TAP, a empresa teve seis meses para apresentar um plano de reestruturação que convencesse Bruxelas de que a empresa tinha viabilidade futura.

Em agosto deste ano, a Comissão Europeia admitiu temer que o auxílio à reestruturação de € 3.200 milhões da TAP violasse as regras de concorrência, reclamação repetida por outras companhias aéreas, como a Ryanair.

Bruxelas também disse que duvida que o apoio de 3.200 milhões de euros venha alguma vez a garantir a sobrevivência da empresa, apesar de reconhecer a importância do resgate do Estado português à transportadora aérea.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.